.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
Governo e UNITA discutem enterro de Jonas Savimbi setembro
Governo e UNITA discutem enterro de Jonas Savimbi
setembro .

Redacção VOA


Formadas comissões para discutir e preparar trasladação de restos mortais e o seu enterro formal

O Governo angolano e o maior partido da oposição UNITA estão a discutir um enterro formal para o primeiro líder do partido, Jonas Savimbi, confirmou o porta-voz da organização.


Alcides Sakala disse que delegações das duas partes estão já a discutir aspectos práticos do enterro mas que de momento ainda não existem quaisquer datas para a transladação dos restos mortais do antigo líder rebelde angolano.

“Foram formadas duas comissões,” disse Sakala.

“A nossa é chefiada pelo deputado Mulato e a do Governo pelo general Pedro Sebastião”, disse o porta-voz da UNITA.

“Já houve encontros preliminares, não temos datas ainda concretas, não temos ainda um programa definitivo sobre a forma como se irá processar todo o processo”, acrescentou.

A revelação de que se está a discutir formalmente a trasladação e enterro dos restos mortais de Savimbi, morto em combate em 2002, segue-se a uma promessa do Presidente João Lourenço que discutiu o assunto com o líder da UNITA Isaías Samakuva.

General Ben-Ben "regressa"

Entretanto, os restos mortais do antigo chefe do Estado-Maior adjunto das Forças Armadas Angolanas, general Arlindo Chenda Pena “Ben-Ben”, chegam na quinta-feira, 13, a Angola, provenientes da África do Sul, e serão sepultados no sábado no município do Andulo, província do Bié

Sobrinho de Jonas Savimbi, o general “Ben Bem”, faleceu na África do Sul a 18 de Outubro de 1998, para onde tinha sido evacuado de emergência a partir de Luanda.

O Governo de Angola anunciou na terça-feira,11, em comunicado, que as autoridades sul-africanas aceitaram a transladação das ossadas do general “Ben Ben”.

O porta-voz da UNITA, Alcides Sakala, disse à VOA que uma delegação do seu partido deslocaria nesta quarta-feira à África do Sul para se juntar à equipa enviada pelo Governo.

A delegação governamental é composta por por oficiais generais das Forças Armadas Angolanas (FAA), e chefiada pelo ministro da Justiça e dos Direitos Humanos, Francisco Queiroz.

Enquanto isso, a VOA soube, recentemente, da deslocação ao município do Andulo, província do Bié, de uma delegação do governo e da UNITA para conhecer o local escolhido para o sepultamento e avaliar as condições de segurança existentes.
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net