.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
Kwanza -Sul de província que orgulhava passou a província que envergonha
KWANZA-SUL-DE PROVÍNCIA QUE ORGULHAVA À PROVÍNCIA QUE ENVERGONHA...

By: Fernando Martins

Ser do Kwanza-Sul, sim do Kwanza-Sul e não do Cuanza-sul sempre orgulhou-me e continua a orgulhar-me porém,pela primeira vez senti alguns minutos de vergonha profunda diante de valorosos hóspedes a quem convenci gastar o seu tempo e dinheiro a fazer turismo na terra que engoliu o meu umbigo-a GABELA.

Tudo começou quando ainda estava no território da Província do Bengo( talvez Luanda) logo depois de atravessar a ponte ao pé da foz do rio Kwanza.

Era Sábado e as sucatas na estrada testemunhavam a ação maléfica e silenciosa Dos PODEROSOS BURACOS cujo os homens parecem ter desistido de os afrontar.

Continuamos a nossa viagem num carro supostamente forte o suficiente para contrapor as surpresas dos labirintos imundos no meio do asfalto herdado entre o colono português e os asiáticos chinês.... Estávamos enganados! logo no primeiro combate os buracos venceram com KO duplo pois dois pneus se tinham bazado para sempre....

Olhamos-nos uns aos outros pois ficamos sem solução de imediato quando de repente ia passando um automóvel da polícia que parou e procurou saber, de forma abusiva, se estava tudo bem ... ERA O MESMO POLÍCIA QUE NOS TINHA ACABADO DE SOLICITAR O COMPROVATIVO DE PAGAMENTO DA TAXA DE CIRCULAÇÃO QUE PRONTAMENTE TÍNHAMOS EXIBIDO.

ENTRELINHAS, FICAMOS SEM SABER, SE SERIA A AGT OU O INEA O RESPONSÁVEL PELOS DANOS............

Com meios próprios, mais uma vez, reparamos os danos e seguimos a nossa viagem com destino ao Kwanza-sul porém, desta vez, bem humilhados pelos poderosos buracos e a uma velocidade que se comparava a um camaleão.

Ao longo da via, na famosa estrada número 100 no troço Luanda-sumbe, muitos foram os desvios da rota principal sob protesto da operação tapa buracos cuja a execução e a força mímica observada no terreno pressupunha concluir que eram OBRAS ABANDONADAS ou obras a serem executadas por Angolanos ou portugueses ...

PORQUE CHINÊS MEUS MANO E MANAS NÃO PARAM AOS SÁBADOS QUANDO SE TRATA DE OBRAS DE TAMANHA ENVERGADURA E IMPORTÂNCIA.

Aos solavancos chegávamos nós a cidade do Sumbe... DESCULPEM-ME... ANTIGA CIDADE DO SUMBE.

SUMBE HOJE NÃO É CIDADE.... NA VERDADE SUMBE HOJE NÃO É NADA... TALVEZ SUMBE SEJA UMA MERDA.

A única coisa que encontrei intacto nesta terra de Ngunza é a educação e a hospitalidade de seu povo.

Meus convidados não paravam de perguntar aonde ficava SUMBE e quanto tempo ainda faríamos para lá chegar. Na verdade nesta altura em que ansiosamente perguntavam, encontrávamos-nos no centro da cidade entre buracos e água podre.

Envergonhado, propus-lhes uma aventura supostamente infalível que seria uma viagem há 90 km daquele lugar imundo. Trata-se das montanhas do Amboim mais concretamente a cidade da Gabela.

GABELA que foi uma cidade formosa, amena, linda, afável, carinhosa e muito mais...com tantos outros encantos indiscritíveis e como prova já cantadas por músicos famosíssimos como CARLOS BAPTISTA, MATIAS DAMÁSIO E Vava do Kwanza-sul para citar apenas alguns hoje, parece-se a UMA VELHA MÃE SEM FORÇA ABANDONADA PELOS PRÓPRIOS FILHOS.

GABELA ESTÁ UMA VELHA MORIBUNDA.

Nossa terra é nossa terra e devemos respeita-lá sempre mas é verdade também, que dizer verdade faz parte dos nossos valores e devemos praticá-la sempre....

PELA PRIMEIRA VEZ SENTI-ME ENVERGONHADO EM SER DO KWANZA-SUL.

O QUE??? ENVERGONHAR-ME DA MINHA PRÓPRIA TERRA? NEM PENSAR ...

ENVERGONHARIA-ME SIM DAQUELES INCOMPETENTES E ANTI-PATRIOTAS A QUEM CONFIAMOS OS DESTINOS DA NOSSA PÁTRIA.

HAJA MUDANÇA NAS NOSSAS ATITUDES E MENTALIDADE!
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net