.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
AZEITE DE OLIVA...um santo remédio se saber utilizar, e um alto veneno se for mal usado
AZEITE DE OLIVA...um santo remédio se saber utilizar, e um alto veneno se for mal usado.

Em um estudo recente, os pesquisadores descobriram que os participantes (1600 indivíduos entre 18 e 60 anos de idade) que usavam mais azeite tinham dietas mais saudáveis ​​do que aqueles que consumiram uma quantidade menor do mesmo óleo. O experimento descobriu que o azeite é uma parte essencial dos benefícios para a saúde da dieta mediterrânea.

Os pesquisadores solidificaram o valor do uso do azeite de oliva na promoção da saúde, mas o que muitas pessoas não sabem é que o azeite de oliva não deve ser cozido ou usado para frituras. O azeite de oliva possui gorduras Omega 3 e Omega 6. Essas gorduras são danificadas quando o azeite é aquecido além de um certo ponto.

O azeite de oliva é excelente para você temperar o alimento já no prato, e não para você temperar a panela ou fritar coisas...isso porque se você aquecer o azeite a uma temperatura acima de 250'F (121'C), ela torna-se tóxico devido o alto teor de ácido oléico, cria um desequilíbrio no nível celular quando cozido que pode inibir a produção de prostaglandina, aumentando assim o risco de contrair câncer de mama em mulheres e doenças cardíacas. Se o azeite for cozido e consumido, pode causar tambem inflamação no corpo e danificar as artérias.

Se quiser cozinhar com óleo, então cozinha com o de semente de uva, é mais adequado para fritar porque pode ser aquecido a uma temperatura mais alta. O óleo de semente de uva é pobre em gorduras saturadas e é extraído de sementes de uva prensadas...por isso eu utilizo para fazer pastéis.

O azeite é principalmente uma gordura monoinsaturada, sob a forma de ácido oleico. O azeite de oliva tem muitos benefícios maravilhosos para a saúde, como propriedades de combate ao câncer, melhora da resistência à insulina e melhora da saúde do coração.

Muitos Azeites De Oliva vendidos por aí São Falsos, de preferência comprar este que tenho em mão. Várias empresas misturam seu azeite com óleos baratos, como óleo de canola, óleo de soja, óleo de avelã e azeite de baixa qualidade. Pesquisadores da UC Davis concluíram em um estudo que 73% das 5 marcas de azeite mais vendidas importadas não cumpriam os regulamentos estabelecidos pelos padrões sensoriais internacionais europeus para o azeite extra virgem.

Isso significa que o óleo importado poderia ser misturado com óleos vegetais altamente processados, como soja, milho, caroço de algodão, avelã ou óleo de canola, e possivelmente contribuiria para a inflamação no corpo uma vez que essas outras misturas de óleos fossem cozidas. Assim, sempre que comprar azeite, certifique-se de que é 100% prensado a frio, extra virgem, em garrafa escura e orgânico.

Entenda quem pode!
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net