.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
A Polícia deu uma conferência de imprensa para esclarecer a morte, por assim dizer, dum decuju da Elite, um morto importante, digno de esclarecimentos ante câmaras e microfones, um morto cujas causas não podemos estar alheios. Sim! A família e a sociedade merecem esclarecimentos, sobre os reais porquês e os autores do ir-se para além daqui dessa alma, afinal era filho deles e nosso concidadão. Devíamos nos condoer com tão estarrecedor episódio.

Entretanto, o meu bom senso é demasiado inexorável com tão delicadas realidades que, em conferência com os meus neurónios, eis que se me despoletaram questões como as seguintes:

1) O jovem Rufino que foimorto a queima roupa no zango não é digno de ver-se esclarecido o seu homicídio?! Ah, ia me esquecendo que, afinal, é um suburbano, um decuju da camada mais insignificante;

2) Kassule e Kamulinge foram dignos de tão meticulosa investigação?!

Até os defuntos têm status! Que tipo de sociedade é que estamos a construir? Que tipo de instituições são as que temos? Quão (des)humanizadas estão as instituições que a todos devem prestar serviços?! Onde os princípios que as regem são ininterruptamente trespassados, a saber: o da imparcialidade; igualdade, e por aí segue-se a correntesa.

Enquanto não tomarmos os problemas dos outros como nossos e das gerações que se seguem, então é certo que a podridão social continuará a empurrar-nos para o abismo.

É DEPLORÁVEL.

Ens Rationis

Por: Nguvulu da Gama
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net