.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
Minha África, desculpa-me voltar sempre a estes lugares comuns
Minha África,desculpa-me voltar sempre a estes lugares comuns, mas isso é porque o tempo vai passando e as coisas não mudam. Predominam a estagnação e a decadência que me apertam o peito e convocam o regresso constante ao grito de indignação sempre mais e mais alto.

África - sempre que me volto para dentro de ti e de mim, a tristeza e a revolta tomam conta do meu pensamento.

Estamos mesmo muito mal no que diz respeito a quase tudo. Até em matéria de lucidez de percepção sobre nós e de coerência para a exposição com clareza da situação e das necessidades sentidas.

Especialmente carecemos de agendas políticas coerentes para a mudança da situação. O pior é que nem conseguimos unir-nos e estruturar-nos para agirmos com a capacidade bastante para nos libertarmos.

Impera o narcisismo, dominam os superegos, lideram os únicos e os predadores do mundo que servem, eternamente.

A maior parte das sociedades africanas estão transformadas em passarelas da vaidade e da ostentação do luxo de elites, que vivem na abundância enquanto sujeitam os povos a que pertencem à servidão e ao desfile macabro da pobreza.

Triste, muito triste mesmo.

Basta !

luguara
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net