.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
Titica sofre fortes criticas depois de ser citada como a rainha do kuduro
TITICA RECEBE FORTES CRÍTICAS POR SER CITADA NO BRASIL COMO A “RAINHA DO KUDURO”

Fonte:#PlatinaLine

No âmbito da sua estadia no Brasil, Titica foi convidada no programa brasileiro denominado “Encontro com Fátima Bernardes” onde passou a ser citada como a “rainha do kuduro”, por não discordar da nova alcunha e consequentemente a sua expressão facial ter coadunado com satisfação por assim ser tratada, recebeu fortes críticas do radialista da rádio “Mais”, Edson Macedo.

O radialista começou por admitir que não é grande apreciador do Kuduro, mas ainda assim reconhece alguns fazedores do mesmo estilo que merecem destaque, e consequentemente considera que Titica não tem “pujança” suficiente para merecer o título que lhe foi atribuído na Brasil, onde a mesma participou do Rock in Rio Brasil, da edição deste ano.

A crítica enfatiza que a Kudurista não só tem poucos anos de carreira para merecer o título, bem como também tem poucos hit´s, ao passo que existem várias outras artistas do mesmo estilo que poderiam muito bem ser chamada “Rainha do Kuduro”.

Leia a crítica na sua íntegra:
Não sou grande apreciador do kuduro. Ainda assim reconheço alguns fazedores desse estilo que merecem o destaque que vão tendo quer no enquadramento com a melodia quer mesmo com o conteúdo expresso nas letras.

Infelizmente, e como noutras áreas, estilos e artes, somos como que confrontados com o mais, ainda que do menos, com títulos muitas vezes tão mal dados que provocam com que se confundam as coisas e pior ainda as pessoas.
Tal como nunca fui a favor da “nomeação” de Elias Dia Kimuezo como Rei da música angolana, com “empossamento” no auditório da RNA, coroa e outros tantos e entretantos, e mesmo com esse título, apresentar até hoje às mesmas músicas dos anos 60 sem absolutamente nada de novo, surge-me a Titica como Rainha do Kuduru.

Numa breve consulta consegui chegar a conclusão de que (corrijam-me se estiver errado) o grande sucesso da moça foi “chão” que depois desse estágio não mais houve grande coisa.

Outro senão, é essa informação ser-me apresentada via TvGlobo que sabemos não ser nada credível em relação ao que de Angola diz respeito, tendo na ocasião, no programa da Fátima Bernardes para ser mais exacto, ainda aparecerem barbaridades como a moça cantora ter recebido “um prémio das mãos do presidente da República” e outra dizendo que o “homossexualismo é crime em Angola”.

Sobre isso a minha tristeza é maior com a quantidade, ainda reduzida, de artistas nossos que vão a essas cadeias de televisão e não conseguem corrigir e situar a ignorância dessa gente de maneira a que não se espalhe de forma negativa como aconteceu com o Anselmo Ralph que nesse mesmo programa se limitou a rir e a bater palmas quando um casal brasileiro apareceu a dançar kizomba com passos nunca vistos e movimentos piores do que os de um peru em véspera de natal apesar de a bailarina dizer que aprendeu depois de anos de pesquisa.

A bem da arte, da cultura e do país é preciso aproveitar a oportunidade nesses locais e apresentar a verdade com argumento e com orgulho de nós e dos outros que são nossos conterrâneos.

À Titica, que está no Brasil para se apresentar no Rock in Rio, não em nome de Angola, não por Angola mas de Angola, desejo sinceramente que tenha feito ou que faça sucesso e ganhe maior projecção e que numa próxima oportunidade reconheça que do Kuduru a Rainha será mesmo a Noite e Dia que apesar de achar que aqueles movimentos incentivam à leitura, tem essa sim, mais de 15 anos de estrada e com permanentes sucessos com uma coreografia criada por ela para cada um desses sucessos.

Vale sim internacionalizar mas com verdade e principalmente com a angolanidade porque tal como disse José Eduardo dos Santos “A cultura fortalece a Nação”. escreveu Edson Macedo
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net