.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
LUNDA-SUL: Trinta e cinco mil na festa do candidato do MPLA

A população encheu por completo, nesta 6ª feira (12), o Largo 1.º de Maio da cidade de Saurimo.

Saurimo, 12 MAIO 17 (6ª FEIRA) - O candidato do MPLA a Presidente de Angola, Camarada João Lourenço, foi apresentado, na manhã desta-sexta-feira (12), na cidade de Saurimo, à população da província da Lunda-Sul, num acto público que juntou, no Largo 1.º de Maio, cerca de 35 mil cidadãos.

Ao usar da palavra, João Lourenço apontou o desenvolvimento da região leste de Angola como uma necessidade premente, que se prende à expansão da rede viária de todo o País, passando pela criação de condições de circulação na estrada nacional, que liga as províncias de Luanda, de Malanje, da Lunda-Sul, da Lunda-Norte e do Moxico.

O candidato do MPLA indicou, igualmente, que outra etapa é a interligação do Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) ao de Benguela (CFB), passando pela província da Lunda-Sul, naquilo que chamou de “sonho realizável”.

João Lourenço alertou à necessidade do aumento da capacidade de produção e de distribuição de energia, para atender as empresas e, fundamentalmente, as indústrias, porquanto um único aproveitamento hidroeléctrico não é suficiente para o desenvolvimento da região leste do País.

“Precisamos de muito mais. Daí o facto de o actual Executivo estar já a trabalhar para que o Governo, a sair das próximas Eleições Gerais, continue a dar especial atenção ao sector eléctrico” – realçou, assegurando que o sector da energia vai continuar a merecer especial a atenção, para que consiga satisfazer todas as exigências da produção dos bens essenciais.

Na condição de candidato do MPLA a Presidente da República de Angola, o Camarada João Lourenço já foi apresentado às populações das províncias da Huíla, do Bié, de Luanda, do Namibe, de Cabinda, do Cunene, do Cuanza-Norte, do Cuando-Cubando, do Moxico, sendo a Lunda-Sul a 11ª etapa desse périplo que iniciou a 18 de Fevereiro último.

ANGOP/AB
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net