.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
É grave expulsar um jornalista por se recusar a falar bem do ditador angolano JES ?
O despedimento do Jornalista Carlos Alberto, segundo o próprio pelo Director para a Informação da rádio LAC, se tiver como motivo aquilo que o Jornalista alega, recusa em falar bem do Presidente da República de Angola e do Partido que dirige, o MPLA, é grave.

Um jornalista não deve falar nem bem nem mal. Deve, isso sim, relatar factos de forma objectiva, doa a quem doer!
Chegou o momento de avaliarmos o grau de solidariedade e união da classe dos jornalistas angolanos, e apelarmos para a intervenção do Sindicato.

Enquanto Director-geral de uma rádio já tive que me sentar várias vezes com o Secretário-geral do Sindicato, o meu caro Teixeira Cândido, a quem reconheço competência e tacto para abordar e resolver questões do gênero.

Esperemos que impere o bom senso e a legalidade nesse caso, e que as questões pessoais fiquem mesmo na esfera pessoal.

Precisamos de um bom jornalismo em Angola, um dos pressupostos mais revelantes dos processos democráticos.
Aguardamos pelos novos desenvolvimentos...



Por : Emanuel Malaquias
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net