.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
Os benguelenses não se reveem no Isaac Dos Anjos !
OS BENGUELENSES NÃO SE REVÊEM NO ISAAC DOS ANJOS!

ISAAC DOS ANJOS NO SEU MELHOR

NÃO FORAM OS BENGUELENSES QUE O CHAMARAM…

OS BENGUELENSES NÃO SE REVÊEM NO ISAAC DOS ANJOS!

O voto de qualidade pertence aos benguelenses por razões políticas e históricas.

A história não se inventa, está feita por natureza, podendo, quanto muito, os acontecimentos serem interpretados de várias formas.

É alguém de quem todos, sobretudo benguelenses, se lembram quando é preciso um perfil de excelência. A entrevista concedida no dia 23 de Março de 2017, por Isaac dos Anjos à Rádio Eclésia é prova do seu direito assistido de cidadão de não querer sentir-se excluído da luta pelo poder do MPLA e de Angola.

A luta dos benguelenses, não tem nada haver com os interesses desmedidos de Isaac dos Anjos, assim como a natureza e dimensão dos benguelenses não têm nada haver com as lutas de Isaac dos Anjos. As bocas emocionais de Isaac dos Anjos na entrevista à Rádio Eclésia muito nos fazem lembrar o Kundy Payhama, improprias de um político com pretensões à dirigente.

É bieno: Isaac Maria Francisco dos Anjos, 57 anos de idade, já provou em diversas áreas, não ter performances para dirigir homens.

O tempo de Isaac dos Anjos não é de pomba, não é de negociador, prefere sim, não dialogar, amordaçando todas as outras opiniões. Mas nunca vira a cara quando ele é a solução. É genético, tem essa predisposição e esse dom.
Quando se joga xadrez há que ter muito claramente na cabeça a estratégia das brancas, mas ninguém joga sem ter a estratégia das pretas! Ora, a arte da negociação, a arte da guerra, é justamente essa capacidade de movimentar, de encenar uma resposta e depois de resolvê-la. É o sucesso a debruar tudo isso.

Os mais conhecidos pontos cardeais que o norteiam são: falta de humildade, não respeitar os fóruns e as opiniões de terceiros. O juízo final é feito diariamente porque só assim vale a pena, assim como a comunhão dos santos como farol e amparo.

Os homens distinguem-se entre os que sabem qual é o momento de lutar e os que não têm essa coragem. Ninguém vence uma batalha prolongada se não lutar.

No quadro do MPLA, Isaac dos Anjos tem a sua razão. Quer ser presidente, mas sem os benguelenses!

Francisco Rasgado / Chico Babalada
Jornal ChelaPress
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net