.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
Conheci Savimbi como um grande nacionalista e panafricanista
Revelou-se um bom comunicador de massas, sobretudo na camada estudantil. Gozava também de muito respeito entre os velhos...

Durante a nossa vivência nas matas do leste continuou a ser um grande condutor de massas com uma capacidade de trabalho fora de série no que toca a mobilizar povo e soldados e fazer trabalhar a sua equipa. Em tudo isso não encontro, entre os líderes africanos, comparação possível. Foi exactamente essa sua capacidade que nos convenceu a segui-lo.

No leste, em toda parte onde passei, o nome da UNITA e de Savimbi estavam bem vincados, digam lá o que disserem os adversários políticos. Eu próprio pude constatar nas caminhadas que fiz a pé.

Savimbi foi sempre muito amigo da sua tropa, do povo e dos seus colegas da Direccao. Era humano, tratável, atencioso e acolhedor, granjeando assim a simpatia de todos.
Ele foi o único dirigente de entre os três movimentos de libertação que viveu no interior do país junto do povo desde 1968 a 1975.''

Escreveu Miguel N'Zau Puna, Deputado do MPLA no seu livro '' Mal Me Querem''
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net