.
Contacto |  Iniciar |  Impressum |  Google Translator:      
Brasil: Massacre em Manaus : "nós também possuimos nosso estado islâmico".



Massacre em Manaus : "nós também possuimos nosso estado islâmico"

Seita Religiosa, Agremiação, ou simplesmente, "Terroristas". que se apossaram de alguns bocados de Territórios, em alguns Países do Norte da África, e Oriente Médio, Somália ou Iraque, levando também o perigo real de atentados, em Paris ou Berlim, na Europa, o Estado Islâmico, é unanimidade, quanto a Barbárie e Desolação, a que pode chegar toda a Humanidade, se não refreados no Homem o Instinto Animal, de Poder e Destruição.


Por : Pettersen Filho

"Motim" ocorrido em Manaus, Capital do Amazonas, no Sistema Carcerário do Estado, que muito bem poderia ter se dado, em São Paulo, Rio de janeiro ou Belo Horizonte, em qualquer Estado do Brasil, tamanha a População Carcerária Tupiniquim, em meio a Injustiças e Má Distribuição de Renda, dentre as maiores do Mundo, com a diferença é que nelas, "Penitenciarias", ao contrário de outros Países, em termos práticos, e silêncio mórbido, quem administra, ingressando Celulares, Armas e Drogas, é o próprio Marginal, mediante a ameaça de, se contrariados, tomarem as ruas, incendiarem ônibus e atacarem Agentes, como de fato, somente encontra precedente, no Caso Carandiru, quando a Mortandade de Detentos, passou de uma Centena, dessa feita operada pela própria Polícia Militas de São Paulo, anos atrás.

Sem que se sustente aqui, Falso Discurso de "Defesa dos Direitos Humanos", cuja Política e Virtude são questionáveis, no Brasil, "Motim" que ceifou cerca de sessenta vidas, para jubilo e regozijo das próprias Autoridades, haja vista que "Briga de Facções" (Bandido matando Bandido), do PCC - Primeiro Comando da Capital, Paulista, que pretendia tomar o Comando Norte, de Manaus, para controlar as principais Rotas do Tráfico, vindas da Bolívia e Colômbia, rumo aos EUA e Europa, via Manaus, não há, contudo, como deixar de constatar, é de causar Idolatria ao próprio Estado Islâmico, tamanho o requinte de Crueldade, com Esquartejamentos e Decapitações, nada, no entanto, por motivação nobre, ou aceitável, seja em nome de Alá ou Maomé, mas, para acinte ao Estado Brasileiro, perpetrada pela mais pura, e total, Anexação de Território, e Demonstração de Poder, de Máfias, agindo no Seio do próprio Estado Brasileiro, quem sabe, a "Bola da Vez", e a própria "Vitima", quiça a Sociedade Civil democraticamente organizada.

Assistindo, portanto, aqui distantes, nas ruas de Belo Horizonte, ou Quixeramobim, no interior do Ceará, não há como não perceber, contudo, em meios aos Pequenos Assaltos de Celular, nos Shoppings e Semáforos Luminosos, ou nas Filas do Ônibus ou Enfermarias impregnadas dos Hospitais, que o Estado Islâmico Nacional, braseiro, existe, atua, está aqui e agora...

Contudo, sem defender qualquer causa, valor religioso, ou Pátria. invisível e transnacional.
Deus nos Livre, porque o Governo brasileiro, não o fará !!!

Antuérpio Pettersen Filho, membro da IWA - International Writers and Artists Association, é advogado militante e assessor jurídico da ABDIC - Associação Brasileira de Defesa do Individuo e da Cidadania, que ora escreve na qualidade de editor do periódico eletrônico "Jornal Grito do Cidadã", sendo a atual crônica sua mera opinião pessoal, não significando necessariamente a posição da Associação, nem do assessor jurídico da ABDIC

#pravda.ru
Deixar um comentário
Ponto-final reserva a si o direito de não publicação de comentários que firam os principios da boa convivência .

Que envolvam calúnia , ofensa , multiplicidade de nomes para o mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal.

Somos um espaço público e colectivo , apelamos ao respeito para bem estar de todos nós.





Ponto-Final.net